Domingo, 20 de Setembro de 2009

Adopção:E o sonho vai morrendo

Adopção, e o sonho vai morrendo

 

Chamo-me Susana, somos um casal infértil jà hà 19 anos. Inscrevemo-nos na adopção em Março de 2004 para uma criança até 1 ano sem preferência de sexo, caucasiana, e sem problemas. Disseram-nos logo que era muto complicado, porque eu na altura tinha 34 anos e o meu marido 42 respectivamente.

 

Mesmo assim, passados 6 mêses o nosso processo estava concluido e estavamos aprovados para adoptar uma criança.


Desde essa altura e até 2008 a única palavra que tiveram conosco foi simplesmente uma carta que recebemos em 2006 a perguntarem se ainda estavamos interessados em mantermos o processo, obviamente que a resposta à carta foi afirmativa.


Em 2008 decidimos deslocarmo-nos à Segurança Social de Lisboa (minha área) para saber como estava a decorrer o nosso processo. Se quando me inscrevi a lista de espera estava em 4 a 5 anos, o que nos foi dito em 2008 é que as listas de espera estavam em 7 anos e que tinhamos que esperar, perguntei se podiamos alongar a idade da criança, foi-nos dito que não valia a pena, que quem espera 5 anos também espera mais 2.


Esperar...esperar...esperar...como se diz a um casal que espera 5 anos por um filho do coração para continuar a esperar? 


Em Maio fiz uma carta ao Director da Segurança Social a pedir resposta em relação ao nosso processo. A resposta foi a mesma...7 anos de espera para uma criança no distrito de Lisboa.


Estou a pensar fazer um mail, mas sinceramente não sei se vale a pena.


Neste momento tenho 39 anos e o meu marido 48. Muito provavelmente outros casais já passaram à nossa frente porque são mais jovens, mas quando nos inscrevemos também eramos jovens...


Passaram 5 anos e meio, não sei quantos mais terão que passar...não sei se quando fizer os 7 anos de espera a lista não sobe para os 10...não sei...só sei que desejamos muito um filho, temos um amor imenso para dar, e sei que está uma criança algures à espera do nosso amor, mas sem saber muito bem porque é que nos nos privam dessa oportunidade.


Susana Pina

A Susana é a autora do Blog Sonho ter um Filho

publicado por Missão Criança às 21:21
link | favorito
De sonhoterumfilho a 23 de Setembro de 2009 às 22:20
Quando me dizem que adoptar uma criança mais velha é mais fácil no nosso País, então porque esta mãe não consegue ter a sua filha de 9 anos junto dela com o processo concluido?

http://www.apfertilidade.org/phpBB2/viewtopic.php?t=31286

Susana
De Jorge Soares a 24 de Setembro de 2009 às 00:26
Por acaso já me tinham enviado esse texto... há tantas perguntas difíceis por responder, tantas questões, tantas coisas.... um dos objectivos quando criei este blog era o de chamar a atenção para este tipo de coisas, contar ao mundo como realmente tudo isto não funcionam... este é o tipo de perguntas que a associação Bem Me queres deveria fazer aos responsáveis, perguntar ao Edmundo Martinho, à Idália Moniz, ao governo, a todo o mundo, se isto é aquilo a que eles chamam sucesso.

Jorge Soares
De Dominique a 24 de Setembro de 2009 às 03:05
Esse caso é muito complicado sem dúvida. As coisas realmente funcionam mal no nosso país infelizmente. Quando as pessoas dizem que pode acelerar o processo ao escolher crianças mais velhas, referem-se mais à fase de estar à espera de uma proposta e sim no fim de tudo geralmente de todo o processo.

Reparem - se escolher uma criança mais velha se calhar esperam 6 meses por uma proposta em vez de 3 anos. Mesmo que depois demore 1 ano em vez de 6 meses para decretar a adopção, esperou 1 ano e 6 meses em vez de 3 anos e 6 meses... o tempo que é "poupado" é na espera da proposta e não na adopção em si. Quando só se quer uma criança pequenina, muitas vezes são anos de espera, vocês sabem melhor que eu!

Isto para mim faz lógica, não sei se realmente é isto que acontece, mas é o que tem lógica para mim.

Dominique
De Jorge Soares a 24 de Setembro de 2009 às 12:05
Domi.

Nós estamos há um ano à espera, uma criança até à idade escolar, sem restrições de raça e aceitamos alguns problemas de saúde que não sejam impeditivos do desenvolvimento....

Telefonamos a semana passada e disseram-nos mais 3 anos... como vez, a historia da espera porque os candidatos só querem bebés brancos... é um mito, a verdade é que ninguém sabe que crianças há e onde estão, e depois vão atirando dados ao ar...e deitando a culpa para os candidatos... que são sempre o elo mais fraco... quer dizer, a seguir às crianças que estão institucionalizadas a vida toda.

Jorge Soares
De Dominique a 24 de Setembro de 2009 às 18:17
Eu não sabia disso... isto é realmente muito triste... estou a tentar expor o que há de errado na adopção em portugal para a minha monografia e quero apresentar um projecto à SS do Porto para tentar sugerir algumas mudanças, mas se eu não souber o que realmente está errado não sei como vou conseguir fazer isso. Já não sei em que "culpar" estas desgraças...

Por um lado temos o Governo que sabe perfeitamente do que se está a passar e tudo que tentaram fazer para mudar foi um falhanço! As listas nacionais que não são utilizados, o "Manual de Formação para candidatos à adopção" que nunca foi realizado. A formação para os técnicos, que não se sabe se decorreu ou não.

E por outro lado, os candidatos que fazem as escolhas que fazem...

Ajudem-me a denunciar tudo o que há de errado... preciso de descobrir e de saber tudo para poder fazer pelo menos uma tentativa de ajudar!

O meu sonho é ajudar-vos e ajudar as crianças que estão institucionalizadas, mas estou a ver que esse sonho vai morrer com os vossos...
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Como falar sobre adoção

. Adopção. João tinha uma m...

. Mundos de Vida - Nós pode...

. De que lado está? Saber e...

. Pedido de ajuda em trabal...

. E num só ano a cegonha ve...

. Pedido de ajuda em trabal...

. Eu sou contra a adoção

. Adopção: de novo as crian...

. Mundos de Vida - Crianças...

. Coisas que realmente faze...

. [casa sem mãe é um desert...

. Adopção, ao cuidado de qu...

. O que é um processo de ad...

. Apadrinhar crianças da Gu...

. Conferência a Adopção e a...

. Sobre a adopção internaci...

. Adopção, ao cuidado de qu...

. Conferência: Eu quero ado...

. [uma história de amor] e ...

. Como entrego o meu bebé p...

. Adopção.... é amor!

. Ao cuidado de quem está à...

. Porque é que eu haveria d...

. Adopção, palavras de uma ...

. 1.º Congresso Internacion...

. Movimento Adopção Interna...

. Ainda as adopções falhada...

. Da adoção e da dificil ar...

. Adopções falhadas

.mais comentados

.arquivos

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Maio 2014

. Dezembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.tags

. todas as tags

.links

Autenticação Moblig
blogs SAPO

.subscrever feeds