Quarta-feira, 2 de Julho de 2008

A passo de caracol

 

Há uns dias atrás, numa troca de mails com uma amiga, dizia ela sentir que actualmente existia uma maior preocupação dos tribunais e comissões de protecção de menores, relativamente à análise das vantagens/inconvenientes da reintegração da criança nas famílias de origem.
De facto é possível que tenha razão, depois de alguns casos mais mediáticos é natural que aqueles que durante anos seguiram pelo caminho mais fácil, se comecem a questionar sobre a viabilidade de dar tantas oportunidades e importância aos laços de sangue, em detrimento da afectividade da criança. E enquanto vão pensando, quantos mais casos mediáticos terão que aparecer para que se passe a uma prática efectiva de colocar a criança em primeiro lugar e com soluções definitivas? E para cada caso mais mediático, quantos existirão que nunca saem dos segredos da burocracia?
Não é que eu não concorde que esta problemática tenha tido alguns avanços nestes últimos tempos, o que me angustia é o ritmo a que esta evolução vai acontecendo.
Será que as quinze ou dezasseis mil crianças institucionalizadas não mereciam um esforço maior por parte do poder político e judicial? Não haverá para aí uma cartola com um “simplex” lá dentro para apresentar num dia bonito?
Eu aplaudia de boa vontade se esse dia fosse para já.
 
Antonio3000@sapo.pt
 
publicado por individual às 10:00
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Como falar sobre adoção

. Adopção. João tinha uma m...

. Mundos de Vida - Nós pode...

. De que lado está? Saber e...

. Pedido de ajuda em trabal...

. E num só ano a cegonha ve...

. Pedido de ajuda em trabal...

. Eu sou contra a adoção

. Adopção: de novo as crian...

. Mundos de Vida - Crianças...

. Coisas que realmente faze...

. [casa sem mãe é um desert...

. Adopção, ao cuidado de qu...

. O que é um processo de ad...

. Apadrinhar crianças da Gu...

. Conferência a Adopção e a...

. Sobre a adopção internaci...

. Adopção, ao cuidado de qu...

. Conferência: Eu quero ado...

. [uma história de amor] e ...

. Como entrego o meu bebé p...

. Adopção.... é amor!

. Ao cuidado de quem está à...

. Porque é que eu haveria d...

. Adopção, palavras de uma ...

. 1.º Congresso Internacion...

. Movimento Adopção Interna...

. Ainda as adopções falhada...

. Da adoção e da dificil ar...

. Adopções falhadas

.mais comentados

.arquivos

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Maio 2014

. Dezembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.tags

. todas as tags

.links

.Visitas

Autenticação Moblig
blogs SAPO

.subscrever feeds