Quinta-feira, 1 de Outubro de 2009

5 anos de espera no Algarve

 

Chamo-me Ana e sou do Algarve, onde dizem que a adopção é muito mais rápida…
Depois de 2 abortos espontâneos, provocados por fibromiomas no útero e ao fim de muitos anos a sofrer, perdi o útero numa cirurgia. Antes da cirurgia decidimos seguir o espinhoso caminho da adopção.
 
Em finais de 2004, tinha eu 37 anos e o meu marido 29, ficamos com o nosso processo concluído, na altura ficou estabelecido que dávamos preferência a uma criança até 3 anos, caucasiana, sem problemas de saúde e do sexo feminino.
Passado pouco tempo, alteramos o critério do sexo, que seria irrelevante!
 
Neste espaço de tempo, tive alturas em que liguei várias vezes para a equipa de adopção e enviei cartas, sem ter sido dadas quaisquer respostas e tive um período de 2 anos em que não tivemos qualquer contacto com a mesma equipa.
 
Quando telefonamos, o leque de respostas é pouco variado:
“- Não temos tido crianças com esses critérios!” ou “- As características da vossa família não correspondem às necessidades das crianças que têm aparecido!”
 
Em Maio deste ano, alteramos o critério da idade, passou a ser até 5 anos, até à data continuamos à espera que o telefone toque, para entrega de criança.

Quase todos os dias tenho conhecimento de casais mais novos que têm adoptado aqui no Algarve e pelo país fora, crianças com as características pretendidas por nós e sinto-me tratado como cidadã de 2ª, discriminada pela minha idade, se assim é, porque é que não dizem logo nas entrevistas, antes do processo estar concluído, que nunca nos irão entregar uma criança com essas características?
 
Seria muito mais honesto para com estes casais que já sofreram tanto na vida!
 
Ana Dias
 
publicado por Mara_Liza às 12:51
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De juju a 1 de Outubro de 2009 às 17:05
e o pais que temos Ana , eu tou a espera a 2 anos por uma menina ate 5 anos de qualquer etnia, e só me dizem tem de esperar. esperar, esperar
De sonhoterumfilho a 1 de Outubro de 2009 às 22:35
Ana, tenho acomapnhado o teu percurso e sabes bem como me sinto revoltada pelas respostas que te têm dado que no fundo são as mesmas que as minhas embora o distrito seja diferente.

Este testemunho serve para mais uma vez dar a perceber que a adopção não é um processo fácil e que não basta pedirmos uma criança mais velha para que o processo se desenrole mais depressa.
Há coisas que nunca irei entender (provavelmente também não é para nós casais candidatos percebermos).

Desejo muito, muitooo que o teu telefone toque em breve.

Bj
susana
De Ana Dias a 2 de Outubro de 2009 às 16:22
É bom que as pessoas tenham conhecimento que os processos de adopção, para algumas pessoas não são rápidos, nem fáceis e que o critério de selecção dos casais é muito subjectivo e levanta dúvidas!
Porque é que há casais, com os mesmos requisitos de escolha de criança, no mesmo distrito, que esperam poucos meses, depois de seleccionados e outros esperam anos e anos, sem uma explicação plausível?
A ti Susana e a todas as pessoas que aguardam há tantos anos pela entrega de uma criança, desejo que o teu e o vosso sofrimento não se prolongue muito mais!
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

É bom que as pessoas tenham conhecimento que os processos de adopção, para algumas pessoas não são rápidos, nem fáceis e que o critério de selecção dos casais é muito subjectivo e levanta dúvidas! <BR>Porque é que há casais, com os mesmos requisitos de escolha de criança, no mesmo distrito, que esperam poucos meses, depois de seleccionados e outros esperam anos e anos, sem uma explicação plausível? <BR>A ti Susana e a todas as pessoas que aguardam há tantos anos pela entrega de uma criança, desejo que o teu e o vosso sofrimento não se prolongue muito mais! <BR class=incorrect <a name="incorrect">Bj</A> </A><BR>Ana Dias
De sonhoterumfilho a 3 de Outubro de 2009 às 22:33
Faço minhas as tuas palavras.
De facto existem coisas que não se compreendem, e quando se acusam os casais sobre os critérios de escolha é bom que se saiba que existem casais que escolhem os mesmos critérios que nós e esperam mêses por uma criança e nós estamos anos e anos sempre com a mesma resposta da parte da Segurança Social.
Só quem deseja muito um filho e passa por anos de espera para o ter consegue compreender a revolta de ver outros casais passarem à nossa frente.
Bj para ti Ana
Susana
De Margarida a 13 de Junho de 2013 às 11:10
Olá, sou mãe de dois meninos e uma menina (para mim são sempre meninos).No ano 2001 iniciei o processo de adoção .na altura tinha dois filhos ela com 18 anos e ele com 14 anos, o processo foi muito rapido ,sem complicações o meu chocolatinho tinha 12 meses e muito gordinho. É alegria da nossa familia,hoje é um espinafre e muito ativo até de mais tem 11anos . Na altura da candidatura pensei que fosse complicado por ter dois filhos biologicos. Porque as pessoas não querem crianças de cor e muitas das vezes a criança que pretendem não está disponivel nas instituições.Um abraço.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Como falar sobre adoção

. Adopção. João tinha uma m...

. Mundos de Vida - Nós pode...

. De que lado está? Saber e...

. Pedido de ajuda em trabal...

. E num só ano a cegonha ve...

. Pedido de ajuda em trabal...

. Eu sou contra a adoção

. Adopção: de novo as crian...

. Mundos de Vida - Crianças...

. Coisas que realmente faze...

. [casa sem mãe é um desert...

. Adopção, ao cuidado de qu...

. O que é um processo de ad...

. Apadrinhar crianças da Gu...

. Conferência a Adopção e a...

. Sobre a adopção internaci...

. Adopção, ao cuidado de qu...

. Conferência: Eu quero ado...

. [uma história de amor] e ...

. Como entrego o meu bebé p...

. Adopção.... é amor!

. Ao cuidado de quem está à...

. Porque é que eu haveria d...

. Adopção, palavras de uma ...

. 1.º Congresso Internacion...

. Movimento Adopção Interna...

. Ainda as adopções falhada...

. Da adoção e da dificil ar...

. Adopções falhadas

.mais comentados

.arquivos

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Maio 2014

. Dezembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.tags

. todas as tags

.links

.Visitas

Autenticação Moblig
blogs SAPO

.subscrever feeds